Petrobras informa sobre a Iniciativa do WAG Full Field do Campo de Tupi

Publicado em: 05/05/2022 10:02:44

A Petrobras cancelou o processo do Consórcio AIP de Tupi (Acordo de Individualização de Produção) para contratação de serviços de Engenharia, Aquisição, Construção e Instalação (EPCI) de dutos rígidos submarinos (SURF) da Iniciativa do WAG Full Field do Campo de Tupi devido a empresa McDermott, vencedora do processo competitivo, ter recusado celebrar o contrato após terceira convocação da Petrobras.

A Petrobras está avaliando internamente os impactos financeiros do cancelamento da contratação assim como o início de processo administrativo para eventuais sanções e indenizações cabíveis.

A Petrobras informa, ainda, que a Iniciativa do WAG Full Field do Campo de Tupi permanece na carteira de portfólio de oportunidades e projetos de investimentos vigentes e estuda nova estratégia de contratação para retorno ao mercado.

Iniciativa do WAG Full Field do Campo de Tupi

A Iniciativa do WAG Full Field do Campo de Tupi tem por objetivo o aumento do fator de recuperação de óleo do campo através da injeção alternada de água e gás e consiste na conversão de 15 poços injetores de água (IA) em poços injetores de água e gás (IWAG) por meio de aquisição e instalação de dutos de injeção de gás (IG), conectados em 5 UEPs (Unidades Estacionárias de Produção) do campo de Tupi.

O Consórcio AIP de Tupi é formado pela Petrobras, como Líder e Operadora, com participação de 67,216%, e os demais parceiros: Shell (23,024%), Petrogal (9,209%) e União (0,551%), representada pela Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA).”

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE