Presidente da Petrobras participa de evento sobre retomada econômica dos municípios do Leste Fluminense

Publicado em: 08/11/2021 14:29:03

FOTO DOUGLAS CARVALHO / DIVULGAÇÃO PETROBRAS

Perspectivas para entorno do Polo GasLub, em Itaboraí, foram apresentadas

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, participou nesta segunda-feira (8/11) do “Encontro para o Desenvolvimento Econômico Regional do Rio de Janeiro”, promovido em Itaboraí pelo Governo do Estado para debater soluções de fomento e retomada das atividades econômicas em municípios do Leste Fluminense. Também participaram do encontro o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah, e autoridades representando os municípios de Itaboraí, São Gonçalo, Maricá, Tanguá, Rio Bonito e Cachoeiras de Macacu. Representantes da Firjan, Sebrae, Fecomércio RJ, lideranças empresariais e instituições locais que compõem a cadeia produtiva da região estiveram presentes.

Durante o evento, Silva e Luna destacou a recente assinatura de um protocolo de intenções, com o Governo do Estado, para o desenvolvimento industrial do entorno do Polo GasLub, que permitirá fomentar as condições necessárias à instalação de outras empresas na região. O objetivo é que essas empresas possam aproveitar a infraestrutura e insumos disponíveis, resultando em incremento econômico local.
“Iniciativas de desenvolvimento como esta, voltadas para a união entre indústria e Estado, elevam nossa confiança em que, mesmo em cenários tão desafiadores, seguimos altamente comprometidos em continuar contribuindo para um presente e um futuro de crescimento, oportunidades, emprego e renda para o nosso estado do Rio de Janeiro e para o País.”, ressaltou Silva e Luna.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, destacou a relevância dos investimentos. “O gás que a Petrobras vai trazer do pré sal  para Itaboraí vai viabilizar muitos destes empreendimentos — apoiando a reindustrialização do estado do Rio de Janeiro e a vinda de novos parceiros. O gás natural é um importante produto para a transição energética pela qual o mundo está passando. São menos emissões com mais geração, desenvolvimento de novas tecnologias como a captura de carbono. O estado do Rio de Janeiro tem um papel importante no que chamamos de transição energética. Hoje é um dia feliz para o Estado do Rio de Janeiro e o Brasil”, afirmou.

A expectativa é que, com as operações do Polo GasLub iniciadas, o que está previsto para 2022, a presença da Petrobras na economia do Rio de Janeiro se torne ainda mais forte. Somente nos últimos cinco anos a companhia teve uma contribuição de R$ 70 bilhões em arrecadação de royalties e ICMS para o estado.

Em 2020, mesmo durante o período de pandemia, foram R$ 26 bilhões em contratos com mais de 2.600 empresas fluminenses. Além disso, 70% dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Petrobras estão alocados em projetos executados no Rio de Janeiro. Foram investidos pela empresa, ainda, R$ 42 milhões em projetos socioambientais no estado.

O Projeto Integrado Rota 3 disponibilizará mais uma rota de escoamento para o gás natural do pré-sal. Este projeto contempla a construção de uma Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) no Polo GasLub em Itaboraí, com capacidade de processar até 21 milhões de m³ por dia; e a construção de um gasoduto de 355 km de extensão interligando as unidades de produção do pré-sal até a UPGN, sendo 307 km de trecho marítimo (já construídos) e 48 km de trecho terrestre. Atualmente a Petrobras já dispõe das Rotas 1 e 2 (respectivamente, Caraguatatuba - SP, e Cabiúnas - Macaé - RJ) para escoar o gás produzido nos campos offshore.

Além do Polo GasLub, a Petrobras tem outras importantes ativos no Rio de Janeiro: desde os campos de petróleo nas Bacias de Santos e Campos, passando pela Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), o Terminal de Regaseificação da Baía de Guanabara (GNL), e as usinas termelétricas Termorio, Termomacaé, Baixada Fluminense e Seropédica além dos terminais operados pela subsidiária Transpetro (Campos Elíseos, Aquaviário Angra, Ilha D’Água, Triunfo e Imbetiba).

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE