Petrobras e Tamar concluem parceria de 40 anos

Publicado em: 06/09/2021 14:04:24

Companhia manterá investimentos em patrocínio socioambiental com novos projetos em 2021
 

Após uma parceria de quase 40 anos, que teve, entre seus resultados, a marca de mais de 40 milhões de tartarugas marinhas protegidas e devolvidas ao oceano, a Petrobras e a Fundação Pró-Tamar (FPT) anunciaram, nesta segunda-feira (6/9), o encerramento do contrato de patrocínio entre as partes. A decisão foi tomada pela Fundação Pró-Tamar, que está optando por outros modelos de parceria e de formas de financiamento.
 
Com apoio da Petrobras, a Fundação Pró-Tamar conseguiu desenvolver suas atividades e se consolidou como uma iniciativa basilar na conservação de espécies marinhas no Brasil. Este apoio começou em 1982, quando a Fundação ainda estava iniciando a busca por parcerias para a missão de conservação de espécies de tartarugas ameaçadas de extinção e, ao longo das décadas, ajudou a implementar inúmeras atividades de pesquisas e conservação, de inclusão social, de comunicação e de monitoramento de desovas no litoral brasileiro. O trabalho das equipes da FPT visa à recuperação das populações de quatro espécies de tartarugas marinhas: tartaruga-oliva, tartaruga-de-pente, tartaruga-cabeçuda e tartaruga-de-couro, além da tartaruga-verde em Fernando de Noronha (PE) e Trindade (ES).

“É motivo de grande satisfação termos participado, desde o início, dessa história que trouxe tantos resultados positivos para a recuperação das populações de tartarugas marinhas, além de ações de pesquisas, educação ambiental e inclusão social. A Petrobras ajudou a construir o caminho para que o projeto tivesse estrutura para desenvolver suas importantes atividades e encerramos esse ciclo com muito orgulho por tudo que foi realizado”, afirma o diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade da Petrobras, Roberto Ardenghy.

Para o diretor de Comunicação Institucional da Fundação Pró-Tamar, Guy Marcovaldi, a parceria facilitou a tarefa de mostrar o meio ambiente marinho para o Brasil. “Somos gratos à Petrobras pela parceira que, além de todos os resultados ambientais alcançados, nos ajudou a tornar popular imagens de tartarugas marinhas frequentando as praias brasileiras para desovarem e a correlacioná-las aos milhares de filhotes correndo para o mar. Mas também nos ajudou a difundir a importância e a beleza das espécies do mar e dos ecossistemas marinhos brasileiros. São imagens que sensibilizaram toda sociedade brasileira a nos apoiarem e permanecerem parceiras nessa empreitada, que é a conservação dos recursos naturais marinhos, hoje, mais urgente do que nunca”.

Apoio a novos projetos ambientais
 
A Petrobras prevê aumentar o número de projetos sociais e ambientais patrocinados. “Seguiremos investindo em iniciativas com potencial transformador. Vamos trabalhar para que outros projetos cheguem ao mesmo patamar de contribuição do Tamar, multiplicando a produção de conhecimento e as ações de conservação ambiental no Brasil. Estamos finalizando a seleção de novos projetos por meio da seleção pública do Programa Petrobras Socioambiental e, em breve, anunciaremos a ampliação da nossa carteira de patrocínio social e ambiental”, antecipa Olinta Cardoso, Gerente Executiva de Responsabilidade Social da Petrobras.
 
A perspectiva é de crescimento de investimentos. Em 2020, a Petrobras destinou R$ 73 milhões a 121 projetos socioambientais voluntários, cujas atividades resultaram em mais de 300 espécies protegidas, sendo 52 ameaçadas de extinção; cerca de 25 mil crianças beneficiadas; e mais de 500 publicações produzidas. São projetos como o Baleia Jubarte, Golfinho Rotador, Projeto Albatroz, Meros do Brasil e Coral Vivo, que compõem a Rede Biomar, promovendo ações conjuntas, produzindo conhecimento científico em parceria com a academia e envolvendo as comunidades por meio de ações de educação ambiental.
 
Para 2021, a Petrobras prevê aplicar cerca de R$ 90 milhões no Programa Petrobras Socioambiental, potencializando o número de pessoas atendidas e biomas protegidos. Além dos resultados da seleção pública de novos projetos, a companhia planeja lançar, ainda esse ano, outra chamada pública específica para projetos ambientais, reforçando o compromisso da empresa em contribuir para um desenvolvimento verdadeiramente sustentável.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE