Petrobras apoia reforço escolar no Paraná durante a pandemia

Publicado em: 30/08/2021 19:31:34

Cerca de 500 alunos já foram beneficiados nas cidades de Araucária e São Mateus do Sul

Entre as consequências da pandemia para a educação formal nas escolas do ensino fundamental, a dificuldade na aprendizagem é uma das que mais preocupa especialistas. Com o objetivo de enfrentar o problema, o projeto Centro de Esporte e Educação Paraná, parceria entre a Petrobras e o Sesi, voltou sua atenção para as crianças do 4º e 5º anos, com faixa etária de 8 a 12 anos, matriculadas em escolas públicas selecionadas em Araucária e São Mateus do Sul, nos bairros ao entorno da Refinaria Getúlio Vargas (Repar) e Unidade de Industrialização do Xisto (SIX).
 
O projeto, que previa inicialmente o atendimento de 320 alunos em situação de vulnerabilidade social, adaptou-se ao cenário pandêmico, interrompendo as atividades presenciais, mas desenvolvendo atividades que mantivessem o vínculo com as crianças e suas famílias. Já são cerca de 500 crianças beneficiadas, 11 escolas parceiras e mais de 25 comunidades atendidas.
 
Atualmente, o projeto oferece atividades remotas como reforço escolar individualizado, esportes, aulas de música, contação de histórias, oficina de hábitos saudáveis, aulões tira dúvidas, rodas de conversa e aulões especiais sobre os mais variados temas, oportunizando três oficinas totalmente repaginadas para o atendimento online. Os materiais pedagógicos previstos para os atendimentos presenciais foram todos adaptados para serem entregues em kits (ecobag). Por meio do aplicativo Zoom, de segunda a sexta-feira, as oficinas atuam como um braço das escolas parceiras com foco no aprimoramento escolar.
 
Oficinas
 
As atividades são ministradas no formato de oficinas para favorecer a cooperação e a capacidade dos alunos de trabalhar em equipe, reorganizar suas atitudes e utilizar o diálogo para resolução de conflitos. Nessas atividades, são apresentados e realizados desafios, jogos, brincadeiras e variados esportes, a fim de ampliar o leque de saberes e cultura corporal dos alunos.
 
A música também é uma forma de ganhar a atenção das crianças: “momentos musicais” são realizados através de agendamentos com no máximo 6 alunos e o “aulão de música” foca na abordagem de temas musicais específicos e planejados pelos professores. Além das atividades descritas, os professores enviam vídeos didáticos sobre flauta doce e instrumentos musicais alternativos.
 
Resultados
 
Os resultados obtidos nas 28 comunidades dos municípios de Araucária (13) e São Mateus do Sul (15) são bastante animadores. Das 209 famílias entrevistadas em 2020 e 2021, 97% das crianças demonstraram interesse em participar das atividades, segundo pesquisa feita com os responsáveis. A aceitação da proposta on-line tem sido considerada boa, com média de 95% de participação nas atividades em 2021.

O indicador de “leitura de forma independente” subiu de 20% para 67% das crianças avaliadas em 2020, e de 5% para 84% das crianças em 2021. Já no conceito lógico-matemático, o indicador “compara, ordena e compõe quantidades” subiu de 11% para 73% das crianças avaliadas em 2020, e de 4% para 60% das crianças em 2021.
 
Para Rebecca Honorato Schneck, coordenadora do projeto, as atividades desenvolvem atividades que valorizam o conhecimento prévio de cada aluno: “É fundamental entender as particularidades para que sejam incentivadas novas descobertas, mesmo de maneira remota”.
 
Petrobras Socioambiental
 
Por meio do Programa Petrobras Socioambiental, contribuímos para a sustentabilidade do negócio, apoiando iniciativas que gerem valor para a companhia e para a sociedade. Atuamos em parceria com organizações da sociedade civil, com o objetivo de fortalecer o diálogo com as comunidades onde atuamos.
 
Na área da educação, contemplamos iniciativas voltadas para o desenvolvimento humano integral e para a formação de cidadãos. Priorizamos projetos que promovam atividades de forma complementar à escola, iniciativas voltadas para a melhoria da aprendizagem e o desenvolvimento integral, por meio da oferta de atividades pedagógicas, incluindo educação ambiental, práticas de esporte educacional e atividades socioculturais e ambientais.
 
Segundo Cassiano Alberto Manfron, gerente geral substituto da Repar, a Petrobras possui uma política de responsabilidade social que norteia a atuação da companhia. “Acreditamos que faz parte da sustentabilidade do negócio crescer como empresa, contribuindo para o desenvolvimento local nos territórios onde atuamos e impactando, positivamente, na melhoria da qualidade de vida das pessoas. No Paraná, possuímos diversas ações de relacionamento comunitário e projetos socioambientais. Entre eles, está o projeto Centro de Esporte e Educação que, além das atividades desenvolvidas com os alunos, proporcionou também a participação dos colaboradores da Repar em ações voluntárias, o que humaniza ainda mais nossa participação”, afirma.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE