Transpetro lança Programa de Desligamento Voluntário (PDV) para marítimos

Publicado em: 29/06/2020 09:10:12

A Transpetro aprovou um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) exclusivo para os empregados marítimos. A iniciativa visa promover a gestão de pessoal, sendo estratégia alinhada à gestão ativa da frota, e garante à companhia maior competitividade e atuação sustentável.

A companhia conta com um quadro de mar altamente especializado e comprometido, treinado na Academia Transpetro, que opera sua frota de navios com conhecimento técnico, respeito à vida e ao meio ambiente. Com a adequação do efetivo do quadro de mar aos interesses dos empregados e da companhia, a Transpetro preserva o quantitativo necessário à continuidade e à segurança operacional em linha com as métricas de topo estabelecidas pela Alta Administração. O programa tem uma estimativa de retorno (custo evitado de pessoal menos o desembolso com indenizações) de R$ 552 milhões até 2025.

O primeiro PDV realizado pela Transpetro se destina aos empregados do quadro de mar com 50 anos ou mais em regime de embarque ou em prestação de serviço em terra, seja na Transpetro, cedidos a outras empresas da Petrobras ou para órgãos do governo. Também podem se inscrever os empregados que estão inaptos para embarque, para os quais não há limite de idade. A companhia receberá as inscrições até o fim de agosto e os desligamentos deverão ocorrer entre setembro de 2020 e julho de 2021 e estão estimados em cerca de 557 empregados.

A Transpetro reforça o seu compromisso com a transparência e o respeito a todos os seus empregados. A companhia busca criar condições para que os profissionais façam a melhor escolha, mantendo sempre o seu comprometimento com a ética, a transparência e com os mais elevados níveis de segurança e eficiência das operações.

 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE