Petrobras amplia testes na triagem como barreira contra o contágio

Publicado em: 05/06/2020 13:16:44

FOTO AGÊNCIA PETROBRAS

A Petrobras vem ampliando rapidamente a aplicação de testes na triagem antes do início de atividades operacionais, tanto em plataformas offshore como em unidades operacionais em terra. De cerca de 26 mil testes já realizados, mais de 20 mil foram aplicados com o propósito de triagem. 

Com essa medida, a Petrobras consegue identificar pessoas sem qualquer sintoma, mas com presença de anticorpos que podem indicar vírus em estágio ativo e possibilidade de contágio. Com isso, a companhia reforça a atenção à saúde desses colaboradores, além de evitar o contágio dentro de suas unidades. A partir do resultado, esses colaboradores não podem acessar as áreas operacionais, são orientados a cumprir isolamento e passam a ser monitorados pelas equipes de saúde.    

A testagem na triagem se soma à realização de testes em funcionários de empresas contratadas que apresentam sintomas, medida que a Petrobras foi uma das primeiras empresas a adotar em larga escala. Mais de 6 mil testes foram realizados para diagnóstico de pessoas com sintomas. Com testes de triagem e testes para diagnóstico, a Petrobras já cobriu cerca de 18% do universo de cerca de 150 mil pessoas que atuam em suas unidades, sejam empregados ou colaboradores de empresas prestadoras de serviços. Em comparação a países que adotaram testes em massa, a companhia testou proporcionalmente três vezes mais que os EUA e quase o dobro que Portugal. 

O gerente geral de Saúde Ocupacional da Petrobras, Marcos Marinho, fala sobre a testagem em massa. Confira em áudio e em vídeo

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE