Petrobras . Agência Petrobras

Petrobras anuncia apoio a iniciativa para acelerar ecossistema de inovação no país

Publicado em: 23/10/2019 11:11:01

FOTO AGÊNCIA PETROBRAS

Projeto, inédito no Brasil, pretende utilizar método do Massachusetts Institute of Technology (MIT)

A Petrobras vai apoiar a iniciativa do Laboratório de Inovação Tecnológica, Organizacional e em Serviços (LabrInTOS), da Coppe/UFRJ, para desenvolver e estruturar o primeiro ecossistema de inovação em energia e sustentabilidade do Rio de Janeiro. Batizada de "i-Ecossistema", a iniciativa prevê apoio para transformação de pesquisas acadêmicas em novos negócios (startups), capacitação de recursos humanos para a atuação em inovação e empreendedorismo no setor de energia, além da atração de investimentos adicionais, públicos e privados, para o setor.

“Queremos implementar um ecossistema estruturado que trará investimentos importantíssimos para o Rio de Janeiro e para indústria de energia. Todos têm muito a ganhar com essa iniciativa que poderá transformar a cidade num hub de inovação no Brasil. Para a Petrobras, o ecossistema contribuirá para a aceleração do nosso ciclo de inovação”, destaca Nicolas Simone, Diretor de Transformação Digital e Inovação.

A ideia é inscrever o projeto como candidato ao MIT Reap, Programa de Aceleração de Empreendedorismo Regional do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, uma iniciativa global que auxilia as regiões a acelerar o crescimento econômico e promover o progresso social por meio do empreendedorismo voltado à inovação. O MIT seleciona até oito regiões por ano para o programa e a submissão deve ser feita até janeiro de 2020. As atividades começam efetivamente entre março e junho de 2020 e têm duração de 28 meses, quando os parceiros passam a integrar a rede global de inovação do Instituto.

“As parcerias nos fortalecem. Nosso objetivo é ampliar cada vez mais o número de empresas de base tecnológica, gerando oportunidades para os nossos alunos e motivando-os a empreender e criar negócios baseados em tecnologia de ponta e capital humano altamente qualificado,” afirma o diretor da Coppe, Romildo Toledo, lembrando que há dois anos consecutivos a UFRJ se mantém, com o apoio da Coppe, na liderança em inovação entre as universidades brasileiras, de acordo com o ranking Universitário Folha.  

A efetiva implementação do projeto passará por algumas etapas. "Após a união dos parceiros, que envolvem as universidades, empresas, empreendedores e governo, será feito um diagnóstico, seguido da estruturação de intervenções estratégicas. O próximo passo será implementar ações, com o apoio do MIT e outras regiões que já obtiveram sucesso com o programa para, por fim, montar um plano de sustentação e avaliação dos resultados", detalha Hudson Mendonça, coordenador do LabrInTOS e mentor da iniciativa.

A metodologia, inédita no Brasil, foi implementada em 47 regiões de todos os continentes e tem registros de sucesso em diversos locais. Na Escócia, por exemplo, trouxe, entre outros resultados, uma democratização em massa do empreendedorismo. No México, 450 empreendedores se formaram no programa, tornando-se líderes em suas comunidades. Inicialmente, o projeto é apenas para o estado do Rio, mas a intenção é criar um modelo replicável para outras regiões do país.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE