Petrobras . Agência Petrobras

ACT: Petrobras admite aplicar retroativamente a proposta do Tribunal Superior do Trabalho

Publicado em: 04/10/2019 15:49:21

Desde que as condições da proposta sejam aprovadas nas assembleias e um novo acordo seja assinado impreterivelmente até 23 de outubro

A Petrobras comunica que está disposta a aplicar, retroativamente, as condições contidas na proposta do Tribunal Superior do Trabalho (TST), caso ela seja aprovada pelos empregados, tendo em vista que as entidades sindicais se comprometeram a submeter às assembleias a proposta de ACT 2019-2020 formulada pelo Tribunal.

A companhia enfatiza que condiciona a retroação à assinatura deste novo ACT até 23 de outubro. Reforça, também, que não prorrogará novamente o ACT 2017-2019, que venceu em 31 de agosto e, posteriormente, foi prorrogado até 30 de setembro, quando perdeu seus efeitos.

Mesmo já tendo iniciado a transição para a legislação trabalhista vigente e começado a implantação do Acordo Individual, a Petrobras dá mais uma demonstração de flexibilidade e reafirma o seu compromisso com a transparência na comunicação aos seus empregados.

A Petrobras reforça o seu comprometimento na busca da melhor solução do ACT para seguir firme em sua trajetória de sustentabilidade.

Clique aqui para conhecer a proposta do TST para o ACT 2019-2020.

 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE