Petrobras . Agência Petrobras

Atletas patrocinados pela Petrobras se destacam nos Jogos Mundiais Militares

Publicado em: 13/10/2015 18:22:21

Os atletas do Time Petrobras conquistaram resultados históricos nos Jogos Mundiais Militares, disputados de 2 a 11 de outubro em Mungyeong, na Coreia do Sul. Pela primeira vez um esgrimista brasileiro subiu ao lugar mais alto do pódio na competição. O feito foi de Renzo Agresta, atleta do Time Petrobras, que obteve a medalha de ouro no sabre individual. Renzo recebe o patrocínio da Petrobras desde 2011, ano em que a companhia começou a apoiar a esgrima brasileira.

Graças ao apoio, Renzo pode se dedicar integralmente ao esporte. Ele treina de segunda a sexta-feira, seis horas por dia, e compete nos fins de semana. “Os meus resultados vêm melhorando graças ao apoio de diversas instituições. E, com certeza, a Petrobras faz com que eu possa me dedicar cada vez mais, e lutar por medalhas nos principais eventos”, disse o esgrimista.

Atualmente Renzo Agresta ocupa a 18ª posição no ranking mundial, mas é o 14º no ranking olímpico para os Jogos do Rio, em 2016. Como são no máximo dois atletas por país e 14 vagas diretas, Renzo tem de encerrar a temporada entre os 14 primeiros colocados para garantir a classificação olímpica.

No taekwondo, o Brasil também teve um bom desempenho. Os dois atletas do Time Petrobras, Venilton Teixeira (-54 kg) e Iris Tang Sing (-46 kg), foram medalhistas de ouro nos Jogos Mundiais Militares. Além dos dois, Guilherme Alves (-63 kg) foi prata, e Rafaela Araujo (-57 kg), Jamila Rodrigues (-49 kg) e Julia Vasconcelos (-62 kg) foram bronze.

No boxe, Paulo Carvalho foi prata na categoria entre 46 kg e 49 kg e Jackson Figueiredo dos Santos foi bronze na categoria até 56 kg. No pentatlo moderno, a pernambucana Yane Marques, atleta do Time Petrobras, foi prata ao lado do conterrâneo Felipe do Nascimento na prova de revezamento misto do pentatlo moderno. Na competição individual, ficou em quarto lugar.

Judô conquista 11 medalhas

Já o judô brasileiro manteve a rotina de estar no pódio. Os atletas que estiveram em ação em Mungyeong conquistaram 11 medalhas (cinco ouros, três pratas e três bronzes) e o país ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas do esporte na competição. Além do ouro por equipes (no masculino e no feminino), também subiram ao lugar mais alto do pódio Eduardo Bettoni (90 kg), Felipe Kitadai (60 kg) e Mariana Silva (73 kg). Walter Santos (+100 kg), Maria Portela (70 kg) e Rafaela Silva (57 kg) ficaram com a prata. Nádia Merli (78 kg), Rochele Nunes (+78 kg) e Sarah Menezes (48 kg) foram bronze. A equipe brasileira também levou dois ouros nas disputas por equipes (masculina e feminina).

Petrobras e o esporte

A Petrobras apoia, desde 2011, o boxe, a esgrima, o levantamento de peso, o remo e o taekwondo, e, desde 2013, patrocina o judô brasileiro. Em julho a empresa anunciou a formação do Time Petrobras, composto por um grupo de atletas de 15 diferentes modalidades, incluindo, ainda, representantes das seis modalidades que já contavam com patrocínio. O objetivo é a busca por resultados nas competições.

A Petrobras sempre foi parceira do esporte brasileiro incentivando e desenvolvendo a prática em suas diversas manifestações. Atualmente patrocina o esporte por meio do Time Petrobras e do Programa Petrobras Esporte Motor, que usa as competições como laboratórios para seus produtos. Mais informações sobre o Time Petrobras na página: www.timepetrobras.com.br.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE