Petrobras . Agência Petrobras

Atletas Petrobras faturam 34 medalhas no Pan de Toronto

Publicado em: 27/07/2015 13:39:08

FOTO BANCO DE IMAGENS PETROBRAS / ANDRÉ MOTTA

Os atletas de modalidades patrocinadas pela Petrobras conquistaram 34 medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, que terminaram neste domingo, no Canadá. Foram nove medalhas de ouro, seis de prata e 19 de bronze. Ao todo, os brasileiros ganharam 141 medalhas nesta edição dos Jogos Pan-Americanos, sendo 41 ouros, 40 pratas e 60 bronzes, encerrando a competição na terceira colocação no quadro de medalhas, atrás apenas de Estados Unidos e Canadá.

Entre os atletas do Time Petrobras o destaque foi o canoísta baiano Isaquias Queiroz, que conquistou dois ouros, nas provas C-1 1.000 metros e C-1 200 metros, e ainda levou uma prata ao lado de Erlon Silva na C-2 1.000 metros. Outro grande nome na competição foi o halterofilista paulista Fernando Saraiva Reis, ouro na categoria para atletas com mais de 105 kg do levantamento de peso. Ele levantou 192 kg no arranco e 235 kg no arremesso, totalizando 427 kg e ainda quebrou o recorde pan-americano, que era dele mesmo (alcançado no Pan de Guadalajara, no México, em 2011). É o atleta mais forte das Américas. O levantamento de peso, que desde 2011 tem o patrocínio da Petrobras, obteve outras três medalhas em Toronto, uma prata com Gregório Machado, e dois bronzes, com Bruna Piloto e Jaqueline Ferreira, que é atleta do Time Petrobras.

Yane Marques, do pentatlo moderno - que havia sido bronze no Mundial no começo do mês, em Berlim - conquistou o ouro em Toronto. Também atleta do Time Petrobras, Yane já está classificada para os Jogos Olímpicos do Rio, ano que vem, e vai brigar por medalha. Outra veterana do time, a remadora Fabiana Beltrame foi prata no single skiff peso leve em Toronto.
Mesmo estreantes na competição, dois atletas do Time Petrobras fizeram bonito no Pan: a ginasta Flávia Saraiva, de apenas 15 anos, voltou para casa com dois bronzes: da final por equipes e do individual geral (competição que reúne todos os aparelhos). Já o atleta do tiro com arco Marcus Vinicius D’Almeida, de 17 anos, ajudou a equipe brasileira a conquistar o bronze na disputa por equipes.

O grande destaque entre as modalidades patrocinadas pela Petrobras foi a esgrima, que teve uma participação histórica nesta edição da competição. Após um jejum de 44 anos, os brasileiros voltaram a disputar uma final do esporte, no florete masculino por equipes. Fernando Scavasin, Ghislain Perrier e Guilherme Toldo foram os responsáveis pelo feito histórico. O ouro, no entanto, não veio dessa vez. Acabou ficando com a equipe dos Estados Unidos. Além da prata no florete, a equipe nacional conquistou quatro bronzes, batendo o recorde de medalhas no esporte em Jogos Pan-Americanos. Nossos atletas conquistaram bronze por equipes na disputa feminina da espada, com Rayssa Costa, Nathalie Mouellhausen e Amanda Simeão, no florete individual com Ghislain Perrier, na espada individual com Nathalie Moullhausen, e no sabre, com Renzo Agresta. A companhia patrocina a esgrima brasileira desde 2011.

O judô, que desde 2013 é uma das modalidades patrocinadas pela Petrobras, manteve o desempenho brilhante que vem tendo nas principais competições internacionais e fechou a competição com 13 medalhas, sendo cinco de ouro, duas de prata e seis de bronze. No boxe, que a Petrobras patrocina desde 2011, foram duas medalhas de bronze: Joedson de Jesus Teixeira, o Chocolate na categoria até 64kg, e Rafael Duarte Lima, na categoria até 91kg. No taekwondo, que também conta com o apoio da companhia desde 2011, foram as mulheres que brilharam: Iris Tang S

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE