Petrobras . Agência Petrobras

Evento promove debate sobre a história da imprensa no Brasil

Publicado em: 09/12/2014 17:11:54

Fórum que acontecerá em Diamantina (MG) integra projeto patrocinado pela Petrobras

A história da imprensa, da edição de livros e a circulação de periódicos nos séculos XIX e XX serão alguns dos temas do “Fórum Patrimônio Gráfico em Movimento”, que será realizado nos dias 10 e 11 de dezembro no Teatro Santa Isabel, na cidade de Diamantina, em Minas Gerais. O evento integra o projeto Memória do Pão de Santo Antônio, patrocinado pela Petrobras e contemplado em seleção pública.  

Uma das atrações do fórum, que reunirá pesquisadores de patrimônio histórico do Brasil e do México, será uma máquina tipográfica do século XIX, que será posta em operação durante o fórum. Totalmente restaurado, o equipamento, que foi fabricado em Paris, França, e imprimiu periódicos em Diamantina, estava desativado há 30 anos.

Durante o evento, coordenado pelas pesquisadoras Ana Utsch e Sônia Queiroz, da Universidade Federal de Minas Gerais, também serão promovidos debates sobre a relevância dos acervos locais para a compreensão histórica, discursiva e técnica do patrimônio gráfico nacional. No fórum será apresentado ainda o documentário “Cleber e a Máquina”, de Rosana Cacciatore, em homenagem ao poeta, editor, tipógrafo e impressor dos livros da Editora Noa Noa. Uma exposição de livros também será montada no fórum.

No dia 10, a programação do Fórum Patrimônio Gráfico em Movimento tem início às 10h e término às 17h. No dia 11, o evento começa às 9h e será encerrado às 18h.

Projeto Memória do Pão de Santo Antônio

Desde 2013, o Projeto Memória do Pão de Santo Antônio, patrocinado pela Petrobras, atua na preservação e na divulgação dos acervos da Associação do Pão de Santo Antônio, formados a partir de uma longa prática jornalística, editorial e tipográfica. Esta atividade gerou duas categorias de acervo: uma documental, constituída por 4 mil exemplares dos jornais Pão de Santo Antônio e Voz de Diamantina, impressos em tipografia, de 1906 a 1990; outra museológica, constituída pelo mobiliário e equipamentos que compunham a antiga tipografia do Jornal. Os dois acervos estão localizados em um espaço de memória.

O jornal Pão de Santo Antônio foi criado pela Associação do Pão de Santo Antônio em 1906, com o objetivo de obter renda para a manutenção de um asilo local, em atividade desde 1901. Até 1920, foi impresso em oficinas tipográficas de terceiros, quando passou a contar com infraestrutura própria, após aquisição de uma oficina tipográfica de segunda mão. Em 1936, o jornal passa a circular com o nome de Voz de Diamantina, e foi impresso na mesma tipografia até 1990.  Em 2001, o Voz de Diamantina foi reinaugurado, com edições semanais, para as comemorações do centenário da fundação da associação, sendo sua impressão entregue a gráficas terceirizadas, e em sistema informatizado.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE