Petrobras . Agência Petrobras

Projeto patrocinado pela Petrobras usa a tecnologia digital para o incentivo a leitura entre jovens

Publicado em: 21/11/2014 16:20:52

A Associação Casa da Árvore encontrou um jeito diferente de incentivar a leitura entre jovens de Senador Canedo (GO). O projeto E Se Eu Fosse o Autor?, patrocinado pelo Integração Petrobras Comunidades, tem a tecnologia como sua principal aliada. Os participantes leem livros e histórias pelo celular e outros aparelhos digitais, produzem livros digitais, que serão publicados nas redes sociais. A iniciativa envolve, atualmente, cerca de 700 alunos de escolas públicas municipais da cidade localizada na região metropolitana de Goiânia.

O projeto recebeu ontem (17/11), no Instittuto Itaú Cultural (SP), o Prêmio ARede 2014, na modalidade Terceiro Setor, categoria Capacitação e Formação. Idealizada pela revista ARede, da Organização da Sociedade Civil, Bit Social, o prêmio destacará trabalhos voltados à inclusão social que utilizem as tecnologias da informação e de comunicação (TICs).

O objetivo do projeto "E se eu fosse o Autor" é incentivar o hábito da leitura e a prática de produção de textos por meio da tecnologia digital. Em encontros semanais de rodas de leitura, os participantes do projeto são estimulados a criar histórias e ler livros, histórias, jornais, revistas e outros conteúdos informativos pelo celular e computador. Depois, são desafiados a criar novos produtos e disponibilizá-los em redes sociais. Em suma, o projeto propicia a criação de um ambiente de experimentação didática, artística e tecnológica.

"Criamos um conjunto de práticas que vão desde o planejamento e a gestão com a rede municipal de ensino, passando pela formação continuada de professores, até a criação de laboratórios de produção multimídia para alunos no contraturno escolar”, explica Aluísio Cavalcante, coordenador do projeto. Segundo ele, os resultados já são percebidos. “No início das oficinas, 31% dos alunos não se lembravam de terem lido algum livro nos últimos três meses. Ao concluirmos as atividades, todos eles lembravam-se do nome de pelo menos duas obras”, diz.

O projeto

Criado em 2010, E Se Eu Fosse o Autor? utiliza a tecnologia social como forma de estimular a leitura entre os jovens. A Associação Casa da Árvore envolve professores para incentivar a cultura de inovação em práticas pedagógicas por meio de oficinas. Os estudantes recebem capacitação e estímulo em sala de aula e participam de atividades no contraturno escolar – são 96 horas semestrais. Neste momento, eles se reúnem para conversar, produzir e criar obras literárias digitais. O projeto é realizado em parceria com a Prefeitura de Senador Canedo (GO).

Neste ano, o projeto recebeu o Prêmio Finep de Inovação 2014, na categoria regional Centro-Oeste, por reconhecimento de uma atividade coletiva junto aos alunos e educadores e apoio social em educação para mídia. Em 2012, a iniciativa foi contemplada com o Prêmio de Tecnologia Social 2012, promovido pela Unesco em parceria com a Petrobras e a Fundação Banco do Brasil.

Integração Petrobras Comunidades

Em 2013, E Se Eu Fosse o Autor? foi contemplado pela seleção pública Integração Petrobras Comunidades, que é voltada para o desenvolvimento de projetos em comunidades do entorno das unidades da companhia. Por meio dela, a empresa reforça o compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua, além de promover a democratização do acesso a seus recursos e a transparência na escolha dos projetos selecionados.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE