Petrobras . Agência Petrobras

Gerente de patrocínio esportivo da Petrobras fala sobre desenvolvimento de produtos na Fórmula 1

Publicado em: 03/09/2014 15:14:00

O gerente de patrocínio esportivo da Petrobras, Claudio Thompson, falou sobre os bastidores da volta da Petrobras à Fórmula 1 nessa terça-feira (2/9) no VIII Fórum de Marketing Esportivo de Resultados, organizado pela Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), com o patrocínio da Petrobras. Em fevereiro deste ano, a Petrobras e a equipe Williams Martini Racing assinaram um contrato de parceria tecnológica. Em sua palestra, Thompson falou também sobre o desenvolvimento dos produtos em parceria com a equipe.

“O objetivo principal de todos os nossos projetos de esporte motor é testar combustíveis e lubrificantes desenvolvidos pela Petrobras com o objetivo de melhorar os produtos que o consumidor usa no dia a dia. E também, principalmente com a Fórmula 1, podermos estar atualizados com o que há de melhor em tecnologia de produtos automobilísticos no mundo. A própria gasolina Podium e, mais recentemente, a gasolina Petrobras Grid são exemplos de combustíveis desenvolvidos com a experiência adquirida na Fórmula 1”, disse Thompson.

A Williams e a Petrobras têm uma história de colaboração tecnológica desde 1998, ano em que a equipe começou a usar o combustível da companhia. A parceria durou 11 anos. Entre 2009 e 2013, a Petrobras continuou ligada à categoria, através do patrocínio ao Grande Prêmio Petrobras do Brasil e da transmissão da Fórmula 1 na TV Globo. Segundo o gerente de patrocínio esportivo da Petrobras, mesmo fora de uma equipe da Fórmula 1 durante cinco anos, a companhia continuou sendo uma das mais lembradas pelos consumidores. Para ilustrar esse dado, Thompson mostrou uma pesquisa feita em abril de 2014. A Petrobras aparece como uma das mais citadas quando se pergunta ao público quais empresas estão ligadas à Fórmula 1, sobre o desenvolvimento de combustíveis na categoria e, principalmente, quando se pergunta quais combustíveis e lubrificantes estão associados à prova.

“Mesmo ficando cinco anos fora da categoria, trabalhando a sua presença nas transmissões de TV da Fórmula 1 e no GP Brasil, a Petrobras continuou sendo uma das mais lembradas pelo consumidor. Essa é a prova da imagem construída pelos 11 anos de parceria com a Williams, e o quanto a nossa presença na competição reforça a questão do desenvolvimento dos nossos produtos junto ao público”, complementou Thompson.

O contrato de colaboração técnica entre Petrobras e a Williams Martini Racing permite que as duas partes trabalhem em conjunto com a Mercedes, fornecedora de motores da equipe, para desenvolver novos combustíveis e lubrificantes automobilísticos para uso pela equipe a partir da temporada 2015. Este ano a Williams Martini Racing está sendo representada pelo brasileiro Felipe Massa e pelo finlandês Valtteri Bottas.

Programa Petrobras Esporte Motor

O Programa Petrobras Esporte Motor foi criado para desenvolver e testar os produtos da companhia em condições extremas com o intuito de trazer benefícios aos consumidores. Desde 1996, a companhia é a única fornecedora de combustíveis e lubrificantes da Fórmula Truck e desde 1999 patrocina a Seletiva de Kart Petrobras. A companhia também patrocina o Baja SAE, competição que estimula o surgimento de novos profissionais brasileiros na área da tecnologia automotiva, e a Fórmula SAE, já tradicional no segmento universitário, que consiste na elaboração de projeto e na construção de um veículo de competição, utilizando motores de até 610 cilindradas. A Petrobras também apoia o Campeonato Moto 1000 GP, que tem como objetivos a formação, evolução e profissionalização de pilotos, bem como o desenvolvimento de lubrificantes para o segmento motos, e é a fornecedora oficial de combustível e lubrificantes da Copa Petrobras de Marcas, que traz de volta a disputa entre os modelos de fábrica de diversas montadoras.

Em abril de 2012, a Petrobras uniu-se à Mitsubishi Motors do Brasil e, desde então, patrocina a equipe Mitsubishi Petrobras, que disputa algumas das principais provas de rali do mundo. No último sábado (30 de setembro), a equipe sagrou-se campeã em duas categorias do Rally dos Sertões. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad venceram na principal, a T1 FIA (para veículos de cross-country altamente preparados de acordo com a regra da Federação Internacional de Automobilismo). João Franciosi e Rafael Capoani, estreantes na Mitsubishi Petrobras, foram campeões na categoria Protótipos T1 (para carros preparados ou protótipos com tração 4x4).

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE