Com patrocínio da Petrobras, projeto alerta população de Manaus para risco de extinção dos botos vermelhos

Publicado em: 26/07/2014 19:43:26

Nesse sábado, 26/7, os amazonenses que frequentam a praia da Ponta Negra, em Manaus, vão dividir a areia com um boto vermelho inflável de 12 metros de comprimento. A ação, idealizada pelo Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, é uma forma de chamar a atenção da população para o risco de extinção desse mamífero típico da região. Anualmente, estima-se que 2,5 mil botos são mortos na Amazônia, para serem usados como isca na pesca da piracatinga (urubu d´água ou douradinha). O projeto pretende levar ainda o boto inflável às cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, ainda esse ano.

O projeto é uma iniciativa Associação Amigos do Peixe-boi (Ampa) e tem como um dos objetivos incentivar a pesquisa para entender melhor a biologia e conservação dos mamíferos aquáticos da Amazônia, como o tucuxi, a lontra, a ariranha e o boto vermelho. O Projeto é realizado na região norte, em especial, no estado do Amazonas. O principal município envolvido é Manaus, capital do estado, onde se localizam as bases de reabilitação e a criação em cativeiro de peixes-bois e ariranhas resgatados na região Amazônica, além das atividades de educação ambiental com escolas do entorno do Bosque da Ciência e Jardim Botânico de Manaus.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE