Extintos desde a década de 80, peixes-bois voltam a aparecer na Amazônia

Publicado em: 25/07/2014 19:03:10

Pesquisadores do projeto Bicho D’água, patrocinado pela Petrobras, e do Museu Paraense Emílio Goeldi, comemoram este mês o aniversário do filhote de peixe-boi marinho, encontrado há um ano na costa leste da Bacia do Marajó no Pará. Omar, como é chamado o animal, marca o reaparecimento da espécie considerada extinta na Amazônia desde o início da década de 1980.
 
Omar ainda é o único da espécie visto até então em Marajó, mas o seu aparecimento deixa o grupo de pesquisadores do projeto Bicho D’água otimista, e com a esperança de que outros da mesma espécie possam aparecer. “A última evidência de que seria possível encontrar o peixe-boi marinho na região foi em 2005, quando um pescador achou um crânio que identificamos como sendo da espécie. Hoje, estamos bem otimistas, temos uma boa relação com os moradores locais, que têm nos repassado cada vez mais informações sobre os animais encontrados”, afirma a coordenadora do projeto Bicho D’água, Renata Emin.

Segundo Renata, o animal ainda levará cerca de um ano para ser solto em seu habitat natural. Enquanto isso, moradores da comunidade de Passagem Grande, em Salvaterra, na Ilha do Marajó (PA), auxiliam nos cuidados com o animal após um treinamento feito pela equipe técnica do projeto. Mesmo após a soltura para o mar, o animal continuará acompanhado pela equipe, monitorado por tecnologia de rastreamento por meio de chip.
 
Integrante do Programa Petrobras Socioambiental, o projeto Bicho D’água - Conservação Socioambiental é coordenado pelo Grupo de Estudos de Mamíferos Aquáticos da Amazônia (GEMAM), vinculado ao Museu Paraense Emílio Goeldi. Além da conservação dos peixes-bois marinho e da Amazônia, as atividades desenvolvidas pelo projeto buscam a preservação de outras espécies ameaçadas na região, como o boto-cinza e o boto-vermelho.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE