Projeto monitora animais encalhados na orla de Fortaleza

Publicado em: 18/07/2014 16:10:31

Termina hoje (18/7) a terceira expedição de monitoramento da costa do Ceará  em busca de  mamíferos marinhos encalhados e a campanha educativa atrelada sobre como prestar primeiros socorros aos animais no âmbito do Projeto Manati, patrocinado pela Petrobras por intermédio do Programa Petrobras Socioambiental. O encalhe de animais nas praias é fenômeno comum na costa do estado do Ceará.

O monitoramento da ocorrência dos animais é fundamental para a preservação dos mamíferos marinhos, especialmente dos peixes-bois, foco do projeto, que não são facilmente observáveis, pois são espécies ameaçadas de extinção, e não são amplamente conhecidos pela comunidade científica.

Já o encontro de carcaças e seu estudo detalhado possibilita a obtenção de dados sobre os animais, como seus hábitos alimentares e reprodutivos, áreas habitadas e causas de mortalidade. Essas informações servem de subsídios para a criação de estratégias para a conservação das espécies. Por exemplo, a proteção de áreas de manguezais, necessárias à reprodução dos peixes-bois, ou o projeto de Lei Municipal no. 9949, de 2012, que declarou o boto-cinza  patrimônio natural de Fortaleza, promovendo sua preservação.

Segundo a coordenadora do Projeto Manati, a bióloga doutora em Ciências Marinhas Tropicais Ana Carolina Meirelles, a equipe do projeto monitora toda a costa do Ceará periodicamente, desde 2010, cobrindo trechos predeterminados. Até agora, já realizou mais de 20 expedições e resgatou mais de 250 mamíferos marinhos, principalmente golfinhos e filhotes de peixe-boi marinho. Neste ano, já foram encontradas três carcaças, todas de boto-cinza, mamífero marinho que contabiliza o maior número de encalhes no estado, graças à captura acidental em redes de pesca.  

Além da busca por mamíferos marinhos vivos e carcaças de animais que vieram a óbito nos locais, o projeto faz uma intensa campanha de informação junto às comunidades costeiras e agentes estratégicos locais, como professores, pescadores, comerciantes, guias de turismo, escolas de surf, barracas de praia, corpo policial e de bombeiros. São divulgados telefones emergenciais de resgate e orientações sobre como proceder, ajudar e prestar primeiros socorros aos animais encalhados vivos.

Interessados em saber mais sobre o Projeto www.projetomanati.org.br

Programa Petrobras Socioambiental

Por meio do Programa Petrobras Socioambiental, a Petrobras prevê investir 1,5 bilhão, até 2018, em projetos em todo o país, com foco nas linhas de atuação produção inclusiva e sustentável, biodiversidade e sociodiversidade, direitos da Criança e do adolescente, florestas e clima, educação, água e esporte. 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE