Petrobras Distribuidora esclarece naufrágio no Pará

Publicado em: 10/10/2007 19:46:04

Petrobras Distribuidora informa que tomou conhecimento, por meio de comunicado da Transportadora Patriarca (TRANSPAL), do naufrágio de uma embarcação sob responsabilidade da mesma, que afundou neste sábado (6/10), na Baía de Marajó, no Pará.

Dos 75 mil litros de óleo diesel transportados pela embarcação, 40 mil pertencem à BR, foram carregados em Belém e se destinam às Usinas Termoelétricas de Cachoeira do Arari e Santa Cruz, da CELPA (Centrais Elétricas do Pará S.A.).

A Transportadora comunicou imediatamente o problema às autoridades competentes e acionou o Centro de Defesa Ambiental (CDA) da Amazônia, que reúne pessoal especializado e equipamentos para atendimento a emergências.

Desde então, foram realizados reconhecimentos aéreos diários. Segundo análise dos técnicos, a mancha existente no local é residual, proveniente do motor da embarcação (cerca de 8 litros de produto). Não foram identificados impactos ambientais, pois a mancha, que está sendo recolhida, não atingiu nem as margens, nem o leito do rio.

O local do naufrágio está sinalizado por bóias. Barreiras flutuantes foram instaladas preventivamente. Mergulhadores verificaram a posição da embarcação para definição do planejamento do resgate, que já foi concluído e aguarda aprovação pela Capitania dos Portos, com acompanhamento permanente do órgão ambiental.

A Petrobras Distribuidora continuará a mobilizar esforços em apoio à Transportadora.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE