Cresce a liderança do Lubrax no Mercosul

Publicado em: 17/08/2006 00:00:00

A linha de lubrificantes Lubrax, produzidos pela Petrobras, consolidou sua liderança no Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) ao atingir, no fim de 2005, 18% de participação nesse mercado, 5,5% a mais que a segunda colocada segundo pesquisa da consultoria Agência Virtual
 
No Brasil, os dados de mercado foram obtidos no Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes do Brasil (Sindicom) e no Sindicato Interestadual do Comércio de Lubrificantes (Sindilub).
 
Na Argentina, as informações são da Câmara da Indústria de Lubrificantes. No Paraguai e Uruguai, os dados foram levantados em pesquisas locais com a indústria e a câmara de comércio.
 
A demanda total de consumo de lubrificantes no mundo é da ordem de 39 mil toneladas por ano e a América Latina é responsável por cerca de 8% deste volume. O Mercosul responde por metade da demanda latina de lubrificantes acabados, que tem crescido a uma taxa de 2% ao ano.
 
A linha Lubrax, composta de mais de 120 diferentes produtos, há 36 anos no mercado, é produzida no Brasil, Argentina, Bolívia e Colômbia, sendo também comercializada no Paraguai, Uruguai e Chile.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE