Petrobras encerra contrato com Empresa Petrolera Andina

Publicado em: 17/08/2006 00:00:00

A Petrobras comunicou hoje ao mercado o encerramento do contrato de hedge firmado em outubro de 2002 com a Empresa Petrolera Andina, denominado Contrato de Redução de Volatilidade do Preço de Gás Natural (CRVP). O contrato tinha como objetivo reduzir a exposição da Companhia a qualquer excessiva variação do preço de compra de gás natural boliviano adquirido por intermédio do Gas Supply Agreement (GSA).
 
O encerramento do contrato foi decidido depois das mudanças regulatórias na Bolívia. A Petrobras vinha avaliando os possíveis efeitos econômicos e legais dessas mudanças aplicáveis ao CRVP. Petrobras e Andina passaram a ter diferentes interpretações relacionadas à aplicação do contrato e decidiram pelo seu encerramento, cabendo à Petrobras receber o valor de US$ 41,3 milhões.
 
O restante dos créditos vinculados ao CRVP, no valor de US$ 76,7 milhões, será reconhecido como perda no resultado do terceiro trimestre do corrente exercício, conforme princípios contábeis brasileiros.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE