Petrobras fecha contratos de R$ 10,5 bilhões

Publicado em: 28/07/2006 00:00:00

A Petrobras dará início, nesta segunda-feira (31/07), às 10 horas, à execução dos contratos para o afretamento de seis unidades flutuantes de perfuração no valor total de R$ 10,5 bilhões. Os acordos serão firmados entre a Companhia e quatro empresas brasileiras: Construtora Norberto Odebrecht, Petroserv, Queiroz Galvão Perfurações e Schahin Engenharia.

 

Os contratos terão duração de cinco ou sete anos, podendo ser prorrogados pelo mesmo período. Uma das exigências da Petrobras é que as sondas operem com 90% de mão-de-obra nacional, percentual que deverá aumentar gradativamente para 100%.

 

A previsão é que as sondas entrem em operação até 2010. As unidades de perfuração serão construídas para operar em lâmina d'água de até 2 mil metros e algumas poderão chegar a 3 mil metros.

 

A cerimônia será realizada no 24º andar do edifício-sede da Petrobras (Edise), na Avenida Chile, nº 65, Centro, Rio de Janeiro (RJ).

 

Após a cerimônia, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, e o diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrella, concederão entrevista coletiva à imprensa.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE