Equipe Petrobras Lubrax no prólogo para o Rally dos Sertões 2006

Publicado em: 26/07/2006 00:00:00

FOTO DONIZETTI CASTILHO

Klever e Bampi largam na frente no Rally dos Sertões 2006

 

No dia 26 de julho, no prólogo dos carros para o Rally dos Sertões, houve um empate na primeira posição. A dupla da Equipe Petrobras Lubrax, Klever Kolberg e Eduardo Bampi, registrou o tempo de 3min38s assim como Fellipe Bibas e Emerson Cavassin.

 

No critério de desempate, a numeração dos carros, Klever e Bampi levaram vantagem: o número do Mitsubishi L200 da dupla é 204 enquanto o veículo de Bibas e Cavassin leva o número 208. A terceira colocação do prólogo ficou com a dupla Guilherme Spinelli e Marcelo Vívolo com o tempo de 3min39s.


Esta é a primeira vez que Klever e Bampi competem juntos no Rally dos Sertões. "Ser o primeiro do prólogo indica que estamos no caminho certo", afirmou o piloto da Equipe Petrobras Lubrax. Para o estreante Bampi, conseguir esta colocação no prólogo é uma motivação a mais para largar a 14ª edição do Rally dos Sertões.

Como o clima está seco em Goiás, é bem provável que os competidores terão que comer bastante poeira nas trilhas da primeira especial, algo que segundo Klever dificulta na hora de negociar a ultrapassagem: "por isso quem quer disputar a ponta desde o começo precisa ir bem no prólogo", comentou o piloto da Equipe Petrobras Lubrax

Porém, como Klever enfatizou, largar na frente nos carros também tem seus riscos, afinal eles serão os primeiros a passarem por obstáculos desconhecidos. Lembrando que, em geral, os pilotos que estão à frente avisam os demais competidores dos perigos que não estão descritos na planilha.

Trio de caminhão da Equipe Petrobras Lubrax registra o melhor tempo na categoria


O trio de caminhão da Equipe Petrobras Lubrax, André Azevedo, Maykel Justo e Ronaldo Pinto, foi o mais rápido no prólogo do Rally dos Sertões na categoria T42, onde participam veículos com 4.801 a 8.500 kg. Na geral, eles ficaram na terceira colocação, atrás dos trios Ricardo Domingues, Sólon Mendes e Henrique Esmério, com 4min22s e Amable Barrasa, José Papaceno e Domenico Montalbano com o tempo de 4min35s.

André Azevedo, que está em busca do tricampeonato no Rally dos Sertões, confessa que esperava que a organização molhasse mais o piso do prólogo como ocorreu em edições anteriores: "estávamos imaginando que a pista não estivesse tão seca. O Mercedes Atego 1725 4X4 havia sido equipado com os pneus Pirelli TG85, mais adequados para piso molhado."


Classificação Geral dos Caminhões


1º Ricardo Domingues, Sólon Mendes e Henrique Esmério 4min22s
2º Amable Barrasa, José Papaceno e Domenico Montalbano 4min35s
3º André Azevedo, Maykel Justo e Ronaldo Pinto 5min04s


Jean é o segundo colocado no prólogo na c
ategoria moto

Jean Azevedo, piloto de moto da Equipe Petrobras Lubrax, conseguiu o segundo tempo no prólogo do Rally dos Sertões realizado em Goiânia. Um segundo na frente de Jean, com o tempo de 3min20s, ficou o goiano Fabrício Marquesi. José Hélio fez o terceiro tempo nas motos com 3min23s. O pentacampeão do Rally dos Sertões, Jean Azevedo, gostou de posição no grid: "a vantagem de largar em segundo é que vou pegar menos poeira nas trilhas".

Nesta 14ª edição do Rally dos Sertões, Jean Azevedo está em busca de seu hexacampeonato na categoria motos. Mas para isso ele terá de enfrentar adversários fortes como os franceses Ciryl Despres (campeão do Dakar 2005 e vice no Dakar 2006) e David Casteu (8º no Dakar 2006 e atual líder do Mundial), ambos pilotos oficiais da KTM, e o chileno Carlos de Gavardo (5º no Dakar 2006). "Não vou deixar o título escapar e ir parar nas mãos de um estrangeiro", disse o piloto da Equipe Petrobras Lubrax.

Classificação Geral de Motos

1º Fabrício Marquesi 3min20s
2º Jean Azevedo 3min21s
3º José Hélio 3min23s

Jean fica em segundo na 1ª etapa na categoria moto


Jean Azevedo, piloto de moto da Equipe Petrobras Lubrax, ficou com a segunda colocação do dia com o tempo de 2h56min18s. Tiago Fantozzi cruzou na frente do pentacampeão do Rally dos Sertões com o tempo de 2h55min37s. A terceira colocação ficou com o francês Cyril Despres que finalizou a prova com 2h58min11. Francisco Lopez com 2h58min18s chegou na quarta posição e David Casteu cravou em quinto com 3h00m40s.

 

Os pilotos que saíram de Goiânia na manhã desta quinta-feira percorreram 646 km, entre duas especiais e dois trechos de deslocamento. Durante o primeiro deslocamento, um dos dois pneus estepe de Jean caiu do carro de apoio, o que atrapalhou no desempenho do piloto. "Eu tinha planejado trocar os pneus na segunda especial do dia, mas não pude trocar o traseiro, por causa da perda. Com isso, não pude andar tão forte quanto pretendia", contou o piloto da Equipe Petrobras Lubrax.

 

Perguntado sobre como estavam os trechos cronometrados nesta primeira etapa do rali Jean respondeu que a primeira especial foi muito perigosa, travada e sinuosa, mas a planilha estava perfeita. Na segunda especial, foi o contrário: terreno bom, pista aberta, deu para ficar andando rápido o tempo inteiro".

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE