Petrobras . Agência Petrobras

Emoção e vitórias de Danilo Mullinha e Karina Abras no Petrobras Longboard Classic

Publicado em: 22/05/2006 00:00:00

FOTO DIVULGAÇÃO PETROBRAS

A decisão de esperar pelas ondas foi acertada e os melhores surfistas de pranchões do Brasil deram um show no dia 21 , encerramento do Petrobras Longboard Classic, a principal competição da modalidade. O Quebra-Mar de Santos amanheceu com ondas pequenas, que foram crescendo até chegarem a cerca de um metro, permitindo uma disputa de alto nível.
 
Num duelo paulista, o jovem Danilo Mullinha derrotou o veterano Amaro Matos numa decisão emocionante, na qual a liderança mudava a cada onda. No feminino a briga também foi de arrepiar, com a paulista radicada em Santa Catarina Karina Abras garantindo o título nos últimos segundos. Todos os resultados (inclusive os das categorias amadoras) do Petrobras Longboard Classic estão no site www.ricosurf.com.br
 
Nas quartas-de-final, a grande surpresa aconteceu logo na primeira bateria, com a eliminação do santista e grande favorito Picuruta Salazar: "Para mim agora o favorito é o Mullinha. Ele está surfando muito bem e acho que vai vencer, disse Picuruta". Palavra de quem entende, mas que colocou uma certa pressão sobre os largos ombros de Mullinha: 
"A responsabilidade aumenta. O Picuruta sempre foi meu ídolo. Um cara que nos espelhamos e até hoje surfa como poucos", disse o campeão.
 
Para chegar na final, Mullinha teve de passar pelo carioca Roger Barros, de apenas 17 anos, que até então tinha a única nota dez de toda a competição. O paulista, por sua vez, chegava naquela fase com a melhor somatória (18 pontos) do campeonato. Mullinha, porém, não deu chances a Roger Barros, dominando a bateria desde o começo e vencendo por 17,44 a 14.
 
Amaro Matos também foi soberano na semifinal contra Carlos Bahia. Nas duas primeiras ondas, marcou 8,83 e 10, garantindo a vitória com menos de dez minutos de bateria e, de quebra, robando a maior somatória de Mullinha.
 
A final foi bem mais disputada, com os dois surfistas se alternando na liderança. Quando faltavam cerca de oito minutos, Mullinha assumiu a liderança, mas Amaro conseguiu uma nota 9,1 e deixou o adversário precisando de 9,11 para virar o jogo. Com o incentivo do pai Jorge Mulla no Quebra-Mar, Mullinha desceu sua última onda, apresentou um grande repertório de manobras e marcou 9,6, para alegria do pai, que se jogou na água. Vitória de Mullinha por 17,5 a 16,93.
 
"Agradeço  a Deus e a força que a galera me deu. Eu estava realmente num dia bom, vim passando todas as baterias em primeiro e ainda tive a sorte de vir àquela última onda para eu virar. Era para ser mesmo. Quero agradecer ao meu pai e ao Picuruta, que sempre acreditou em mim, disse Mullinha."
 
Depois da final de altíssimo nível, Amaro também estava feliz com sua segunda colocação e fez questão de abraçar o companheiro de surfe do Guarujá no pódio: "Esse é o espírito do longboard e quero dar meus parabéns a todos envolvidos no evento e principalmente ao Mullinha, que mereceu o título", disse Amaro.
 
No feminino, a virada foi ainda mais emocionante. A carioca Cris Pires abriu a bateria com uma nota acima de sete pontos e ficou na liderança até os últimos segundos. Karina precisava de 7,17 pontos para conquistar o título e entrou na onda quando faltavam dez segundos para o final. Fez boas manobras e o suspense cresceu na praia. Depois de alguns minutos de aflição, saiu a nota: exatamente 7,17 pontos.
 
"No primeiro terço da bateria, fiquei meio perdida. Só consegui achar as ondas no final, mas já estava até meio conformada quando veio aquela onda, faltando dez segundo. Só pensava que eu não podia cair", disse Karina, atual bicampeã brasileira e vencedora da primeira etapa do Circuito Nacional.
 
O Petrobras Longboard Classic tem o patrocínio da Petrobras, da Oi FM e da Prefeitura Municipal de Santos e conta com o apoio da Ediouro (Coquetel), Federação Paulista de Surfe, Associação Santos de Surfe, Aldeia dos Ventos, Prefeitura de Guarujá, Associação de Surfe de Guarujá, OSP e Abrasp. 
 
Resultados:
Masculino
1.Danilo Mullinha (SP)
2. Amaro Matos (SP)
3. Roger Barros (RJ)
4.CArlos Bahia (BA)
5. Thiago Mariano (RJ)
5.Alex Leco (SP)
5.Alexandre Abolição (SP)
5.Alexandre Wolthers (SP)
 
Feminino
1. Karina Abras (SC)
2.Cris Pires (RJ)
3. MAiná Thompson (RJ)
4. Sabrina Olas (PR)
5. Fernanda Daitch (PR)
5. Thiara Mandelli (SC)
×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE