Petrobras . Agência Petrobras

F-Truck: Roberval Andrade vence prova em Interlagos

Publicado em: 22/05/2006 00:00:00

FOTO ORLEI SILVA

O piloto paulista Roberval Andrade (Scania) venceu a terceira etapa do Campeonato Paulista de Fórmula Truck, disputada no dia 21 de maio no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, com o tempo de 1h16min49s. Wellington Cirino (Mercedes) foi o segundo (1h16min56s) e Pedro Muffato, o terceiro (1h17min16s). Cerca de 55 mil pessoas assistiram as 29 voltas da prova, em que 14 caminhões levaram a bandeirada final.

 

Andrade largou em quinto lugar, foi conquistando posições e também contando com os problemas dos concorrentes. Adalberto Jardim (Volkswagen), o pole position, liderou até a sexta volta, quando seu caminhão começou a dar problemas e teve que abandonar a prova. Seu companheiro de equipe, Beto Napolitano, assumiu o primeiro lugar, posição que ocupou apenas por duas voltas, pois excedeu o limite de velocidade e teve que cumprir a penalização. Andrade, que já estava em segundo, assumiu a liderança na nona volta, que quase foi perdida quando derrapou na pista suja de óleo, já no final da prova.

 

"Vi o óleo na pista e optei por sair de lado. Foi uma manobra premeditada, mas não achei que o caminhão sairia tanto", explicou Andrade, que no ano passado liderava a prova paulista quando seu caminhão quebrou. "Foi muito bom ganhar em Interlagos, que é a maior prova, com o maior público. Andei o tempo todo no limite e com a preocupação de não queimar o radar", disse o piloto, que perdeu o segundo lugar no grid de largada por ter excedido o limite de velocidade no Top Qualifying.

 

Enquanto os pilotos do pelotão da frente brigavam pelas primeiras posições, o atual campeão da categoria, Wellington Cirino, que largou em penúltimo lugar, fez uma prova de recuperação. Cirino largou lá atrás porque não participou do treino classificatório, pois o motor de seu caminhão explodiu nos primeiros treinos livres, ainda na sexta-feira, e teve que ser levado para a sede da equipe ABF Desenvolvimentos, em Santos (SP), para ser consertado.

 

Mas os problemas não acabaram aí. Depois do warm up, realizado no dia 21 de maio, a caixa de direção de seu caminhão quebrou e a equipe conseguiu fazer os reparos a tempo. Mesmo tendo enfrentado todos esses problemas, o piloto paranaense terminou a prova em segundo lugar. "Depois de um fim de semana atípico, em que tudo saiu errado, já fiquei muito feliz quando vi o caminhão chegando no autódromo. Durante a corrida o caminhão estava fantástico e andei consciente, com a intenção de terminar a prova", disse Cirino, que venceu a etapa paulista em 2002 e 2003.

 

Com estes resultados, Andrade e Cirino saem de Interlagos empatados na classificação do campeonato com 51 pontos. "O que vale é a regularidade. É cedo ainda para falar em campeonato. Os caminhões da Volkswagen estão muito rápidos e com a vantagem de serem mais leves do que o meu e o do Roberval", disse Cirino. Para Andrade, a rivalidade entre os dois é natural e sadia. "Disputamos o título em 2005 e ainda tem muita prova pela frente. Minha equipe é ótima e meu caminhão está tecnicamente muito bom e não sofreu nenhuma avaria nesta etapa", disse o vencedor da prova de Interlagos.

 

Classificação da prova após 29 voltas: 1) Roberval Andrade, SP (Scania); 2) Wellington Cirino, PR (Mercedes-Benz); 3) Pedro Muffato, PR (Scania); 4) Luis Carlos Zappelini, SC (Ford); 5) Herberto Heinen, RS (Volkswagen); 6) Renato Martins, SP (Volkswagen); 7) Vinicius Ramires, SP (Mercedes-Benz); 8) Débora Rodrigues, SP (Volkswagen); 9) Eduardo Mad Macarrão, SP (Mercedes-Benz); 10) José Maria Reis, GO (Scania); 11) João Maistro, PR (Scania); 12) Djalma Fogaça, SP (Ford); 13) Regis Boessio, RS (Iveco) e 14) Vignaldo Fizio, SP (Mercedes-Benz).

Não completaram a prova: Beto Monteiro, PE (Ford) - 19 voltas; Fred Marinelli, SP (Iveco) - 17 vts.; Beto Napolitano, SP (Volkswagen) - 16 vts.; Leandro Totti, PR (Ford) - 9 vts.; Adalberto Jardim, SP (Volkswagen) - 7vts.; José Cangueiro, SP (Mercedes-Benz) 3 vts.; Geraldo Piquet, DF (Mercedes-Benz); - 0 voltas; Clodoaldo Monteiro, SC (Scania). 

Trucks excluídos: Urubatan Helou, SP (Volvo).

 

Campeonato de Marcas: 1) Scania 88 pontos; 2) Mercedes-Benz 80 pontos; 3) Ford 42 pontos; 4) Volkswagen 30 pontos, 5) Iveco 4 pontos e 6) Volvo 1 ponto.

 

Classificação do campeonato: 1) Wellington Cirino e Roberval Andrade, 51 pontos; 3) Pedro Muffato, 48 pts.; 4) Leandro Totti, 37 pts.; 5) Débora Rodrigues, 22; 6) Vinicius Ramires, 20 pts.; 7) Renato Martins, 12 pts.; 8) Geraldo Piquet e Herberto Heinen, 11 pts; 10) Luis Carlos Zappelini, 10 pts.; 11) José Cangueiro, 8 pts.; 12) José Maria Reis, 7 pts. 13) João Maistro 6 pts.; 14) Régis Boessio e Beto Napolitano, 4 pts.; 16) Fabiano Brito, 3 pts.; 17) Djalma Fogaça e Eduardo Mad Macarrão, 2 pts. e 19) Adalberto Jardim, 1 pts.

 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE