Pedro Muffato vence pela primeira vez na F-Truck em Fortaleza

Publicado em: 18/04/2006 00:00:00

A experiência de mais de 30 anos de automobilismo ajudou muito o piloto Pedro Muffato, de Cascavel (PR) a conseguir sua primeira vitória na F-Truck, no dia16 de abril (domingo), no Autódromo Virgílio Távora de Eusébio (Grande Fortaleza), 2ª etapa do campeonato brasileiro. A chuva que atrapalhou a reforma do autódromo durante os últimos 20 dias voltou a marcar presença no domingo dificultando e preocupando os pilotos no novo circuito cearense de 1.780 metros com o piso semi molhado.
 
Muffato venceu de ponta a ponta, mesmo sofrendo forte pressão por duas vezes durante a prova, no início, do pernambucano Beto Monteiro (Ford) e no final do seu conterrâneo Wellington Cirino (Mercedes-Benz). Da 13ª à 23ª volta, o piloto teve em seu retrovisor o Volkswagen cinza com detalhes rosa de Débora Rodrigues, mas não com tanta pressão como sofreu de Monteiro e Cirino. Para Muffato que toda vez que passava pela reta das arquibancadas e via a grande torcida por Débora Rodrigues, o seu receio era outro. "Foi uma prova difícil com piso escorregadio e exigiu muito mais habilidade do que coragem. E durante algumas voltas fiquei com medo de ser ultrapassado pela Débora e a torcida invadir a pista", brincou, muito contente com a vitória que vem perseguindo já há algum tempo.
 
No início da prova a impressão era que Beto Monteiro conseguiria tomar a liderança de Pedro Muffato, mas na sétima volta todos puderam ver um spray de água saindo debaixo do caminhão de Monteiro. Na 12ª volta Monteiro abandonou em definitivo a prova com a mangueira do radiador rompida. Ainda na segunda volta o piloto de Goiânia, Zé Maria Reis (Scania) que havia largado em quinto derrapou saindo da pista quando tentava a ultrapassagem em cima do paranaense Fabiano Brito (Volvo) e caiu para 17º colocado. Conseguiu terminar a prova na sétima posição.
 
A bandeirada programada para a 18ª volta teve pontuação para os seguintes pilotos: Pedro Muffato em primeiro seguido de Débora Rodrigues, Wellington Cirino, Fabiano Brito, Leandro Totti e Geraldo Piquet. Cinco voltas após a relargada, Wellington Cirino que largou em 13º já assumia a vice-liderança de Débora Rodrigues aproveitando uma manobra arriscada do retardatário Roberval Andrade (Scania) que estava mais rápido por estar com todos os pneus de chuva. Pedro Muffato usou pneus de chuva atrás e slick na frente e Wellington Cirino estava com todos os pneus slick.
 
Já no final da prova, faltando 12 minutos para terminar, Vignaldo Fízio (Mercedes-Benz) e Clodoaldo Monteiro (Volkswagen) se envolveram em acidente que exigiu a intervenção do Pace Truck pela terceira vez. Muffato pode aliviar um pouco a tensão da pressão de Cirino, apesar da segurança do vencedor guiando em piso pouco molhado.
 
O líder do campeonato de 2006 continua sendo Leandro Totti (Ford) que subiu ao pódio em quinto lugar, depois de uma punição que o fez perder até seis posições no início da prova. O piloto da Londrina Truck racing tem agora 37 pontos, seguido de Wellington Cirino com 32, Pedro Muffato com 31, Roberval Andrade com 34, Débora Rodrigues com 19 e Vinicius Ramires com 16 pontos. Vinicius Ramires em seu segundo ano da F-Truck voltou a mostrar talento com seu segundo bom resultado neste ano com o caminhão Mercedes-Benz.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE