Sem ondas, finais da 2ª etapa do Brasil Surf Pro são canceladas

Publicado em: 18/07/2011 14:10:41

O mar não colaborou e as fases finais da segunda etapa do Brasil Surf Pro, em Búzios (RJ), tiveram de ser canceladas por falta de ondas neste domingo (17). No feminino, faltava apenas a final entre a paraibana Diana Cristina e a catarinense Juliana Quint, mas no masculino a disputa parou nas oitavas-de-final. Desta forma, a premiação foi dividida de forma igual. Tininha e Juliana somaram 860 pontos cada (a pontuação do segundo lugar), enquanto os 16 do masculino terminaram em nono lugar, com 500 pontos para cada. O catarinense Tomas Hermes, com os 500 pontos que ganhou, manteve a liderança do ranking, com 1.500 pontos, enquanto Tininha ficou na ponta com 1.860 pontos.  A próxima etapa do Brasil Surf Pro será em Ubatuba (SP), em setembro.

“Fizemos o possível. Esperamos ao máximo por uma melhora do mar, mas acabou que isso não aconteceu. Como não havia previsão de melhora significativa, tivemos de cancelar”, explicou Marcelo Andrade, diretor-executivo da Associação Brasileira de Surfe Profissional.

O fim de semana foi marcado por chamadas para tentativas de recomeçar as disputas e reuniões entre surfistas e organização. Se no sábado, a decisão de não realizar a competição foi tomada por esmagadora maioria, neste domingo a votação entre os atletas foi de 9 a 7 pelo cancelamento.

Diana Cristina não concordou com a decisão, mas ficou satisfeita com o resultado. “Fiquei triste quando anunciaram, pois já competi em condições piores. De qualquer jeito fiquei muito feliz de ter feito mais um pódio. Vou treinar bastante espero encontrar um mar muito bom em Ubatuba”, analisa Diana.

Já para o atleta Tomas Hermes a organização fez a escolha certa. “Não tinha como ter campeonato, já que não tivemos ondas. Independente disso ainda tem muita coisa para acontecer. Não estou pensando na liderança do circuito, estou focado na minha atuação, passar uma bateria de cada vez, estou me descobrindo em cada etapa. Vou seguro para o campeonato em Ubatuba”, finaliza Hermes.

A Petrobras é a patrocinadora oficial do Brasil Surf Pro, principal campeonato do surfe brasileiro. A Companhia patrocina também o Petrobras Longboard Classic e o Circuito Petrobras nas Ondas.


Rankings

Masculino

1.1500           Thomas Hermes    SC
2.1360           Bruno Galini            BA
3.1130           Alan Jones             RN
3.1130           Jano Belo               PB
5.1110           Marcio Farney        CE
6.1010           Krystian Kymmerson ES
6.1010           Simão Romão         RJ
8.1000           Franklin Serpa        BA
8.1000           John Max                RN
8.1000           Messias Felix          CE
11.900           Gustavo Fernandes RJ
11.900           Halley Batista         PE
11.900           Hizunome Bettero SP
11.900           Jean da Silva          SC
11.900           Leonardo Neves    RJ
11.900           Michel Roque         CE
11.900           Ricardo Ferreira     SP
11.900           Tanio Barreto         AL

Feminino
1.1860           Diana Cristina        PB
2.1470           Juliana Quint         SC
3.1460           Gabriela Leite        SC
4.1360           Tita Tavares          CE
5.1340           Luana Coutinho        SP
5.1340           Suelen Naraisa       SP
7.1110           Bruna Queiroz        SP
7.1110           Monik Santos         PE
9.1060           Gabriela Teixeira    RJ
9.1060           Tais de Almeida     RJ 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE