PE: Thomas Hermes e Diana Cristina vencem Brasil Surf Pro

Publicado em: 13/06/2011 12:28:15

                              
Com uma atuação excelente na final, o catarinense Thomas Hermes impediu que a festa nordestina fosse completa na primeira etapa do Brasil Surf Pro, o Circuito Brasileiro Profissional, que terminou neste domingo, na Praia do Cupe,  em Ipojuca, Pernambuco. Intruso numa semifinal de surfistas da Região, Hermes, campeão da última etapa do ano passado, no Rio, derrotou o paraibano Jano Belo na semifinal e o baiano Bruno Galini na grande decisão, e começou 2011 como terminou 2010: no lugar mais alto do pódio. No feminino, ninguém roubou a festa nordestina, com a vitória da paraibana Diana Cristina sobre a cearense Tita Tavares na final. Assim como Hermes, Tininha manteve a invencibilidade, pois também conquistara o título na etapa carioca.
 
Todos os resultados e o ranking atualizado podem ser obtidos no site www.brasilsurfpro.com.br
 
A final entre Hermes e Galini foi digna de todo o campeonato, que teve ótimas ondas desde quarta-feira, mas no domingo o vento forte deixou o mar de meio a um metro muito mexido. Mesmo em condições difíceis, os finalistas conseguiram mostrar muito talento, principalmente o catarinense, que marcou 17,34 pontos contra 13,16 do baiano. A bateria começou forte, com os dois atletas largando com notas 8,83 e 8,17, para Galini e Hermes, respectivamente. O catarinense ainda arrancou uma nota 9,17, para garantir a vitória e o plantio de mais dez árvores no Projeto Surf Pela Florestas, no qual cada onda igual ou acima de oito representa cinco novas mudas plantadas. Com as três notas excelentes da final, a etapa chegou a 19 notas acima ou igual a oito, com o saldo de 95 novas árvores.
 
Hermes foi consistente desde sua estreia e deixou pelo caminho as estrelas da competição até então, Halley Batista e Caio Ibelli, no sábado. Na semifinal, parecia ainda estar se acostumando às novas condições, mas mesmo assim passou pelo paraibano Jano Belo por 11,67 a 10,50. Na final, pegou pela frente Galini, que vinha de vitórias também muito convincentes:
 
"Iniciar o Circuito com um vitória é sensacional, já me dá confiança para o resto da temporada. O Bruno Galini vinha num bom momento, mas consegui vencê-lo, apostando na radicalidade das manobras. Eu quebrei minha prancha na semifinal, então tive esse pequeno obstáculo para contornar. Como eu vinha muito empenhado nos treinos, todo dia bem cedinho, me sintonizei com estas ondas do Cupe. Estou muito feliz e o foco agora é o título nacional, além de correr as etapas do WQS, que felizmente não vão atrapalhar as do Brasil Surf Pro", disse Hermes.
 
Galini, por sua vez, não lamentou o vice-campeonato:
 
"Quando a gente chega numa final, sempre quer ganhar, mas mesmo assim foi bom. Um segundo lugar é um ótimo resultado. Meu objetivo era conseguir pelo menos um pódio, então acho que tive um bom desempenho. O Thomas está de parabéns, surfou muito durante todo o campeonato e mereceu vencer. Vou continuar trabalhando bastante para brigar até o final do ano", disse o baiano, que na semifinal vencera o potiguar Alan Jones por 13,03 a 11,43.
 
Os dois finalistas, além do semifinalista Alan Jones foram os surfistas mais verdes da competição, com três notas iguais ou acima de oito.
 
Se no feminino um intruso roubou a festa nordestina. As meninas arretadas mostraram que passar por elas não é fácil, principalmente em condições de mar a que estão acostumadas. Diana Cristina passou pela paulista Luana Coutinho por 10,67 a 5,13, enquanto Tita superou a catarinense Gabriela Leite por 10,67 a 5,13, garantindo uma final da região. Numa disputa com muitas viradas, Diana levou a melhor e venceu 10,26 a 9,57.
 
"Ano passado bati na trave aqui nesta etapa do Cupe e também no ranking final do Circuito. Eu sei que tenho potencial para ser campeã e venho batalhando muito e treinando bastante para conseguir os resultados. Ganhar aqui é muito bom, principalmente porque é a primeira etapa e já estou na frente nesta corrida. Espero também contar com algum patrocínio na busca por esse título", disse a vice-campeão brasileira de 2010.

A próxima etapa do Brasil Surf Pro acontece em Búzios, de 13 a 17 de julho. O campeonato é patrocinado pela Petrobras.

Petrobras Surf Pelas Florestas e Brasil Surf Pro encerram atividades ambientais com mutirão de limpeza
 
Após cinco dias de várias ações educativas ambientais, o Brasil Surf Pro e o Projeto Petrobras Surf Pelas Florestas encerraram neste domingo, dia 12, as atividades durante a primeira etapa, na Praia do Cupe. O último dia terminou com um café da manhã que reuniu representantes do Governo do Estado de Pernambuco, do Municipio de Ipojuca, equipes de coordenação de projetos do Programa Ambiental da Petrobras, lideranças comunitárias e Associações de Porto de Galinhas e Maracaípe com o intuito de discutir sobre os caminhos e desafios para um futuro sustentável da Região Sul do estado de Pernambuco. O evento socio-ambiental aconteceu no espaço em frente a Pousada Recanto do Lobo, na área do palanque.
 
Glenn Suba, coordenador do Projeto Petrobras Surfe Pelas Florestas, fez um breve discurso na ocasião. "Sozinhos nós conseguimos pequenos milagres, mas é com união que conseguimos atingir enormes milagres. O poder público precisa escutar a sociedade e suas reivindicações. Gostaria de agradecer as entidades locais que participaram do projeto, como a Escola Mangue, o Projeto Tubarões e a Associação dos Jangadeiros de Maracaípe", disse Glenn Suba.
 
No final da manhã, para finalizar, as monitoras do Projeto ainda lideraram um grande mutirão de limpeza com a criançada local. Todo lixo que estava na praia e nas proximidades do campeonato foi sendo coletado e ainda de ter sido dada orientação ao público para preservação da limpeza do ambiente.
 
A plataforma Surf Pelas Florestas é patrocinada pela Petrobras, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, com as Federações de Surf de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.
 

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE