Petrobras publica Relatório de Sustentabilidade 2020 com avanços em ESG

Publicado em: 01/04/2021 17:49:09

FOTO AGÊNCIA PETROBRAS

Segurança das operações e investimentos de mais R$ 145 milhões em projetos e doações para a sociedade refletem a atuação socioambiental da companhia no último ano

Em um ano marcado pela pandemia de Covid-19 e suas consequências, a Petrobras conseguiu obter resultados econômicos positivos e, ao mesmo tempo, ampliou seus compromissos com a sustentabilidade, avançou em indicadores ambientais e sociais e apoiou a luta contra os efeitos da pandemia na sociedade brasileira. As informações referentes ao desempenho operacional, econômico, social, ambiental e de governança da companhia estão compiladas no Relatório de Sustentabilidade 2020, publicado nesta quinta-feira, 1/4.

“A performance da Petrobras num ano extremamente desafiador revela nossa busca incessante do objetivo dual de maximizar o retorno para o acionista e para a sociedade”, destacou o presidente Roberto Castello Branco. O documento detalha o apoio da Petrobras a ações da sociedade para o enfrentamento à Covid-19, por meio da doação de testes, materiais hospitalares e de higiene, combustível para ambulâncias e veículos hospitalares e alimentos para famílias de baixa renda. A companhia também realizou doações financeiras para projetos científicos de combate à pandemia e cedeu capacidade computacional para suportar esforços de pesquisas. As doações em resposta à Covid-19 e a outras situações de calamidade no Brasil – como as enchentes nos estados de Minas Gerais e no Espírito Santo, incêndios no Pantanal e apagões no Amapá - somaram, em 2020, a quantia de R$ 25,5 milhões, doados pela Petrobras e suas participações societárias, além de gastos para realizar a gestão desses projetos.

A preocupação com a saúde dos empregados também é um dos destaques do relatório. Em 2020, a taxa de acidentes registráveis por milhões de homens/hora alcançou 0,56, um novo benchmark para a indústria de óleo global, e não ocorreram fatalidades nas operações.

No capítulo dedicado às mudanças climáticas, a companhia reporta os avanços obtidos em 2020 – como a redução das emissões absolutas de gases de efeito estufa em 5% em comparação com 2019, consolidando o perfil de queda ao longo dos últimos anos. A Petrobras atingiu 97% de aproveitamento de gás (IUGA - índice de utilização de gás associado) na área de E&P e reinjetou cerca de 7 milhões de toneladas de CO2 separado do gás produzido nos campos de pré-sal, alcançando um total acumulado de 21,4 milhões de toneladas reinjetadas desde 2008.

No segmento de refino, o destaque é a melhoria contínua do indicador de intensidade em carbono, com uma redução de 3,6% em relação ao ano anterior. Além disso, foi criado o programa Biorefino 2030, que prevê projetos para a produção de uma nova geração de combustíveis, mais modernos e sustentáveis, como o diesel renovável e o bioquerosene de aviação. Em julho de 2020, foram concluídos os testes em escala industrial para a produção do diesel renovável por coprocessamento de óleo vegetal com diesel fóssil na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná.

A Petrobras também apoia voluntariamente projetos que atuam na recuperação ou conservação direta de florestas e áreas naturais e que, dentre outros benefícios, promovem a fixação de carbono e evitam emissões de gases de efeito estufa. Cerca de 870 mil toneladas de CO2e é a contribuição potencial estimada em fixação de carbono e emissões evitadas referente aos resultados acumulados (em média, por um período de 6 anos) da carteira de projetos vigentes em 2020.

As metas relacionadas ao tema Mudança do Clima constituem seis dos dez compromissos em sustentabilidade da Petrobras. Em 2020, a companhia também apresentou avanços nos outros compromissos, como o de redução na captação de água doce e o de crescimento zero na geração de resíduos de processo, reduzindo o volume em relação a 2019.

“A palavra que traduz o ano passado é superação. O Relatório de Sustentabilidade comprova que, ao mesmo tempo em que conseguimos ter resultados econômicos positivos em um ano de crise, demos grande apoio à sociedade em suas demandas e ampliamos nossos compromissos ESG (ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês)”, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade, Roberto Ardenghy.

Compromissos ESG


O relatório também destaca o apoio da Petrobras a projetos sociais, ambientais, culturais, esportivos e de negócios, ciência e tecnologia, que, em 2020, somou R$ 120 milhões. No ano passado, a Petrobras iniciou o processo de consolidação de um conjunto de indicadores para a carteira de projetos socioambientais. Entre os principais resultados atingidos, destacam-se 303 espécies de fauna protegidas pelos projetos ambientais, sendo 52 ameaçadas de extinção, e 139.732 pessoas diretamente atendidas. As iniciativas ambientais abrangeram 71 Unidades de Conservação terrestres e marinhas, com projetos que atuaram na recuperação ou conservação direta de florestas e áreas naturais da Mata Atlântica, Amazônia, Caatinga, Cerrado e Pampa. Além disso, os projetos apoiados beneficiaram cerca de 25 mil crianças na faixa etária de 0 a 6 anos - um investimento com alto retorno social esperado.

Também em 2020, a Petrobras ampliou a iniciativa de mensurar o retorno socioambiental dos investimentos - um de seus compromissos em responsabilidade social. A metodologia converte em valores monetários a transformação ambiental, social e econômica ocorrida em virtude da implementação do projeto. Desde 2019, quatro projetos já foram analisados e somam um Valor Presente Líquido (VPL) de quase R$ 100 milhões.

Como parte dos compromissos em prol dos direitos humanos, a Petrobras publicou, em junho, as Diretrizes de Direitos Humanos, documento que orienta a atuação da companhia em todas as atividades e regiões, durante todo o ciclo de vida dos projetos e operações. E, seguindo a diretriz de promover a diversidade, garantindo o respeito à diferença e à igualdade de oportunidades no acesso, remuneração e ascensão no emprego, a Petrobras lançou em 2020 uma nova versão do Plano de Equidade de Gênero com o objetivo de estimular a ocupação de cargos de liderança por mulheres.

Ainda em 2020, a Petrobras reforçou os compromissos de governança em seu Plano Estratégico (modelo de governança que permita o equilíbrio entre eficiência e controle; e atuar de forma íntegra e transparente, com tolerância zero à fraude e à corrupção) e aprovou o Código de Conduta Ética, que unificou o Código de Ética e o Guia de Conduta. O documento representa mais um passo para o fortalecimento da cultura de integridade, assim como o Guia de Conduta Ética para Fornecedores, também divulgado em 2020. Ainda no ano passado, o Fórum Econômico Mundial informou o retorno da Petrobras à iniciativa anticorrupção da instituição, a Partnering Against Corruption Initiative (PACI), um reconhecimento dos esforços na promoção da transparência e no combate à corrupção realizados nos últimos anos.

Metodologia

O relatório foi desenvolvido seguindo a metodologia para relato de sustentabilidade da Global Reporting Initiative (GRI Standards). Também foi utilizada como metodologia complementar o Guia para Relatórios de Sustentabilidade da Indústria de Óleo e Gás da Ipieca, a associação global da indústria de óleo e gás para desempenho ambiental e social. Entre os documentos externos utilizados para o processo de construção da lista inicial e priorização dos temas materiais estão o SASB Materiality Map®; Task Force on Climate-related Financial Disclosures Overview 2020; World Economic Forum’s Global Risk Report 2020; SAM Sustainability Report 2020 S&P Global; GRI Sector Standard: Oil and Gas Exposure draft 2020; Ipieca Sustainability Guide 2020; “Oil and gas after Covid-19: The day of reckoning or a new age of opportunity?” (McKinsey & Company); SDG Ambition Benchmarks (Pacto Global das Nações Unidas), entre outros.

Os indicadores das metodologias foram correlacionados com os Princípios do Pacto Global e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Clique aqui para acessar o relatório completo.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE